Macaíba dobra atendimento do programa Criança Feliz

 

Na tarde da última terça-feira (8 ), a prefeitura de Macaíba, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social, recebeu a visita da Srª Luciana Siqueira, secretária Nacional de Atenção à Primeira Infância (Ministério da Cidadania) e de Cícera Pinheiro, assessora da Primeira Infância-Programa Criança Feliz.

Na oportunidade, a gestão municipal anunciou que dobrou o atendimento e expandiu o programa para outros territórios (comunidades), passando de 200 para 400 famílias atendidas pelo Criança Feliz.

Luciana Siqueira conheceu a equipe do programa Criança Feliz, na cidade, realizou uma visita a uma das famílias atendidas pelo programa e parabenizou o prefeito Emídio Jr. e a secretaria de Trabalho e Assistência Social pelo trabalho em prol do programa.

“Quero parabenizar o prefeito Emídio Jr. pela sua visão de expandir suas metas e apostar no programa Criança Feliz. A equipe da secretaria nacional está aqui para servir a todos, esses encontros são riquíssimos para que possamos conhecer as ideias que as equipes dos territórios possuem. Até julho estaremos fazendo um movimento pelo Brasil, com a revista Primeira Infância em Foco, encontros regionais para discutir políticas públicas e intersetorialidades na primeira infância”.

A secretária foi recepcionada por Edivaldo Emídio, secretário de Assuntos de Governo, Eriberto Freire, secretário Adjunto de Assistência Social, profissionais de vários setores da secretaria de Assistência Social e das vereadoras Erika Emídio e Ismarleide Duarte.

Sobre o programa

Criado em 2016, o Criança Feliz tem como objetivo promover o desenvolvimento humano, parte do apoio e do acompanhamento do desenvolvimento infantil integral na primeira infância, apoiar a gestante e a família na preparação para o nascimento, cuidados perinatais, colaborar no exercício da parentalidade, fortalecendo os vínculos e o papel das famílias para o desenvolvimento da função e do cuidado, proteção e educação de crianças. na faixa etária até seis anos de idade. Mediar o acesso da gestante, crianças e sua família à políticas e serviços públicos de que necessitem.

Foto: Edeilson Morais

Assecom-PMM