Festejos dos 145 anos de emancipação política aquecem a economia macaibense

Além de resgatar o orgulho de ser macaibense e proporcionar diversão, lazer e entretenimento à população de Macaíba de várias formas, os festejos referentes aos 145 anos de emancipação política do município serviram para aquecer a economia macaibense e gerar renda extra para centenas de comerciantes em geral (lojas, quiosques, barracas e ambulantes) de segmentos como alimentação, vestuário e estética, dentre outros.

De acordo com a SEMURB – Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, mais de 100 ambulantes se cadastraram oficialmente para vender durante a festa e dezenas de outros trabalharam informalmente durante os sete dias de eventos. “As pessoas se empolgam, começam a se produzir mais e investem mais ainda. Isso ajuda bastante.”, relatou a comerciante Karina.

Promover um calendário cultural de grandes eventos em Macaíba, como Carnaval, São João, Festa de Emancipação e Celebração Natalina é uma das iniciativas da atual gestão municipal do prefeito Emídio Júnior para incrementar as vendas no comércio local e valorizar as raízes de nossa terra, tradicional conhecida em todo o Rio Grande do Norte por sua cultura, história e potencialidade comercial.

Programação dos 145 anos de Emancipação 

A programação se encerrou na quinta-feira (27/10), data da emancipação, com um grande show musical com Josymar Silva, Cavaleiros do Forró e Raí Saia Rodada. Seu início ocorreu na sexta-feira (21/10), com atividades da 7ª Semana Literária de Macaíba (SLIM), com teatro, contação de histórias, música, tendas temáticas, exposições de livrarias e sebo, biblioteca itinerante do SESC, gincana literária; oficinas de arte e artesanato.

Durante este período, houve passeio ciclístico e cultural, festa das crianças, missa e culto solenes, sessões solenes na Câmara Municipal e na Academia Macaibense de Letras, roda de capoeira, aulas de treino funcional, zumba, apresentações de artes marciais como jiu-jitsu e karatê e lançamento de material inédito sobre a história da cidade com o documentário “Macaíba 145 anos – da Vila Coité aos tempos atuais”.

Assecom-PMM